terça-feira, 5 de Maio de 2009

1 de Maio - dia do trabalhador

O dia Mundial do trabalhador não é um feriado recente. Tudo começou em meados do séc. XIX. Nessa época as pessoas chegavam a trabalhar até 16 horas por dia, o que era muito cansativo e prejudicial à saúde.
Como não estavam de acordo com o horário de trabalho, as pessoas começaram a defender uma redução da carga horária, dividindo o dia em três partes: 8 horas para trabalhar, 8 horas para dormir e 8 horas para lazer. Foi com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diárias que, no dia 1 de Maio de 1886, milhares de trabalhadores de Chicago (EUA) se juntaram nas ruas para protestar contra as suas más condições de trabalho. Esta revolução devia ser pacífica, mas a polícia interveio, o que resultou em mortos e feridos. Atrás desta revolução, muitas outras apareceram, até que, em 1889 o Congresso Internacional em Paris decidiu que o dia 1 de Maio passaria a ser o Dia do Trabalhador. Só em 1890 é que os trabalhadores americanos conseguiram alcançar o seu objectivo: 8 horas de trabalho diário! Em Portugal, por ter havido uma ditadura durante muitos anos, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se passou a comemorar publicamente o Primeiro de Maio.
E esta é a história do dia 1 de Maio! Espero que tenham aprendido algo sobre este dia.

1 comentário:

Profª MªJosé Monteiro disse...

Claro que aprendemos! e muito...
Obrigada pela tua preciosa colaboração.
A profª de HGP
MªJosé Monteiro